Seja você

Photo by Imani Bahati

A gente é cobrado o tempo todo a se encaixar em certos padrões. Muitas vezes até por nós mesmos, porque não percebemos a pressão externa e replicamos essa pressão.

Somos impactados o tempo todo por “histórias de sucesso”, na maioria das vezes falsas, criadas por pessoas que também se sentem pressionadas e decidem fingir. Não fomos preparados para isso. E não temos blindagem o suficiente pra não cair nessa armadilha.

A gente cai o tempo todo. O tempo todo.

A gente se viola, faz o que não gosta, se comporta como não é, tenta ser aquilo que não somos (e nem somos felizes com isso, mas queremos ser, porque na TV, nas redes sociais, todo mundo tá sendo “feliz” com isso). E a gente segue achando que se não nos encaixarmos nesse padrão que esse Sistema nos impõe, não seremos felizes, não seremos aceitos, não seremos amados ou admirados.

Autoconhecimento é a chave de tudo. Entender quem somos, o que nos faz feliz de verdade, no que somos bons e fazemos bem, o que gostaríamos de aprender por nós mesmos, não por essa sociedade doente. Entender que nem sempre estamos nos nossos melhores dias e tudo bem. Que tempos o nosso próprio tempo e não precisamos forçar isso para satisfazer a ninguém além de nós meses. Reforma íntima que chama.

Curioso (ou não) que todo coach, zen, religião honesta, fala exatamente isso.

Conhece-te a ti mesmo, e conhecereis a verdade.

Sócrates

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *